Enxaqueca | Saiba tudo sobre os sintomas e como aliviá-la

Uma dor de cabeça comum pode aparecer por diversos motivos, sendo bem incômoda, porém existem pessoas que precisam lidar com a infame enxaqueca.

Se você sofre desse mal ou gostaria de saber mais sobre o assunto, leia na íntegra o artigo feito pela equipe do Plano de Saúde Populares e descubra como aliviar os sintomas.

Veja também: Crise Epiléptica | Saiba o que pode causá-la e como reagir à ela

O que é a enxaqueca?

homem com dor de cabeça - enxaqueca

É uma dor de cabeça considerada crônica e bem mais forte do que as demais dores que acometem a região, manifestando-se em crises de enxaqueca.

Alguns sintomas podem aparecer bem antes de a crise de enxaqueca, dando sinais de alerta de que o corpo não está bem.

Sintomas antes de uma crise de enxaqueca

Eles podem aparecer cerca de dois dias antes da crise de enxaqueca, veja quais são:

  • Bocejar muitas vezes;
  • Baixo astral;
  • Vontade de comer certos alimentos;
  • Falta de energia;
  • Irritabilidade aumentada;
  • Rigidez na região do pescoço;
  • Ficar hiperativo (a);

Sintomas durante uma crise

Após os sintomas que precedem a enxaqueca se manifestarem, o indivíduo passa para o estágio pródromo, onde os sintomas sintomas mais fortes são:

  • Dificuldade de enxergar ou forçar as vistas;
  • Sensação de dor intensa e latejante em um ou em todos os lados da cabeça e na região dos olhos;
  • Dificuldade de falar;
  • Sensibilidade extrema com luz e som;
  • Náuseas;
  • Vômitos;

Depois da crise, a pessoa começa a passar para a fase chamada pós-drome da enxaqueca, em que alguns sintomas também podem aparecer:

  • Mudanças rápidas de humor;
  • Sentimentos melancólicos;
  • Sentir-se cheio (a) de energia e logo após, sentir apatia e cansaço;
  • Uma dor de cabeça mais fraca pode persistir;

Cada organismo pode experimentar todas ou apenas uma das fases da enxaqueca, e a intensidade da dor pode variar de pessoa para pessoa.

Causas mais conhecidas

Não existem causas comprovadas para a manifestação da enxaqueca, apenas estudos realizados por especialistas indicam que pode ser uma atividade desregulada no cérebro na comunicação entre os neurônios, porém alguns fatores externos podem contribuir para a crise.

  • Desequilíbrio de hormônios – principalmente em mulheres devido à menstruação ou menopausa;
  • Ansiedade, choque por alguma notícia, depressão, estresse, cansaço;
  • Dormir mal ou ter insônia;
  • Desidratação ou pouco consumo de água;
  • Excesso de álcool e cafeína;
  • Ingestão de certos alimentos: chocolate, frutas cítricas e industrializados;
  • Medicamentos em excesso;
  • Som alto;
  • Iluminação intensa;
  • Cheiros fortes (incluindo cigarro, fumaça de poluição);

Dicas para aliviar a crise de enxaqueca e formas de preveni-la

  1. Durma pelo menos oito horas por noite;
  2. Evite situações ou discussões que gerem estresse;
  3. Beba cerca de dois litros de água por dia;
  4. Diminua o consumo de pimenta, temperos fortes, bebidas alcoólicas, cafeína e frutas cítricas;
  5. Faça pausas estratégicas ao longo do dia, principalmente quem trabalha em frente ao computador;
  6. Consulte um especialista caso as crises comecem a ser intensas, para que ele receite o melhor tratamento e medicamento;
  7. Não se automedique;
  8. Durante a crise, permaneça em um quarto escuro, massageie a cabeça com as pontas dos dedos, a fim de estimular a circulação sanguínea nessa região.

A enxaqueca pode e deve ser tratada.

Também pode te interessar: Esclerose Múltipla | Descubra o que é, causa e tratamentos

Seja para o tratamento de enxaquecas ou de qualquer outra enfermidade, é importante contarmos com o suporte de médicos renomados e de bons hospitais.

Para tal, faça agora mesmo uma cotação gratuita com a equipe do Plano de Saúde Populares e garanta o seu bem estar e o de sua família!

Simulação por WhatsApp

Receba tabelas de planos de saúde por WhatsApp

Simulador Ligar