Veja como a solidão pode influenciar na saúde do idoso

Um dos aspectos mais preocupantes quando se fala em saúde do idoso está relacionado à solidão, que pode acabar ocasionando uma série de doenças.

A equipe do Plano de Saúde Populares fez um estudo completo sobre isso e você confere abaixo as informações que conseguimos coletar.

Veja também: Coronavírus | Cuidados especiais com pessoas do grupo de risco

A solidão pode afetar e muito a saúde do idoso

idoso sozinho em um banco - saúde do idoso

É bem comum que pessoas acima dos 60 anos tenham um círculo de amigos bem mais seleto e não socializem tanto, isso devido ao fato de que nesta idade, a maioria das pessoas estão se aposentando, com isso, ficam mais em casa, não vendo tanta necessidade de sair.

Inicialmente, isso pode parecer uma maravilha, por se livrarem da rotina tão agitada e do cansaço do trabalho diário. 

Mas, aos poucos, essa rotina pode se tornar um ciclo vicioso, que pode causar diversos problemas psicológicos e físicos também!

Ao se sentir sozinho, podem surgir problemas como baixa autoestima, sensação de ser insuficiente tanto para outras pessoas quanto para si mesmo, ansiedade e pode levar até mesmo a depressão.

Muitas vezes, essa sensação de solidão pode ser também devido ao fato de algum problema familiar. As vezes, o idoso tem alguma briga/mágoa com seus filhos, netos ou outros familiares que fazem com que ele fique mais afastado, ou simplesmente acaba perdendo o contato.

Os motivos citados acima, ajudam muito para que a pessoa perca a perspectiva do que fazer em sua rotina, já que na maioria das vezes não tem com quem conversar ou fazer planos sobre seus dias.

No caso dos idosos que ainda possuem uma relação mais próxima com seus amigos e familiares, cabe a eles não deixar que o idoso se aprofunde nessa sensação de estar sozinho e o ajude nessas situações.

Como posso ajudar a evitar que um idoso se sinta sozinho?

Existem muitas formas de estimular a convivência e a criatividade em idosos, para que eles não se sintam sozinhos e inválidos.

Cursos de idiomas, clubes de dança e natação são ótimos exemplos.

A natação e as danças são ótimas atividades e possuem grande influencia na saúde do idoso, por exemplo, elas ajudam a desenvolver a sociabilidade e a coordenação motora.

Ao contrário do que pode parecer, as aulas de idiomas são mais do que apenas estímulo para o desenvolvimento do intelecto, elas são também uma ótima oportunidade fazer amigos e ter a sensação de ser pertencente a um grupo.

Fazer visitas frequentes aos idosos é algo que também ajuda muito, pois além de fazer com que não se sintam sozinhos, é uma forma de demonstrar que ele é alguém importante e necessário em sua vida.

Um meio interessante é “apresentar” ao idoso a tecnologia, mostrar a ele que nem sempre é possível estar presente, mas que mesmo assim ele não está sozinho e muito menos esquecido.

Ensine-o a fazer ligações, chamadas de vídeo com toda a família, mostre a ele as coisas interessantes que há no YouTube. Ajude-o a redescobrir seus gostos musicais, artísticos e etc. Mostre a essa pessoa que nunca é tarde para se divertir e se redescobrir!

Também pode te interessar: Cirurgia de Catarata | Como é feita e o processo de recuperação

Os idosos precisam de ainda mais atenção com sua saúde, por isso, é importante contarem com atendimento médico de qualidade e acesso a bons hospitais.

Faça agora mesmo uma cotação gratuita com nossa equipe e garanta a saúde na terceira idade.

Simulação por WhatsApp

Receba tabelas de planos de saúde por WhatsApp

Simulador Ligar